ACUPUNTURA PRO

by prof. dr. Luiz Carlos Arias Araújo (11) 81191526 (13) 81280393 luizarias@hotmail.com







sexta-feira, 1 de outubro de 2010

MOXABUSTÃO

A combustão da Artemísia tem a propriedade de aquecer profundamente. A aplicação do calor produzido pela moxa nos pontos ou meridianos de acupuntura, remove bloqueios de energia que obstruem o seu fluxo pelos meridianos, eliminando a umidade e o frio que promovem disfunções no organismo.

O efeito do calor  se soma a energia yang do corpo potencializando esse aspecto (yang) da energia (chi) podendo inclusive ser conduzido até o seu extremo ou seja a transformação no aspecto oposto da energia (yin). O yang em seu máximo só pode virar yin, o yin em seu máximo só pode virar yang.  O significado literal da moxabustão é "fogo lento", ou seja deve haver uma queima gradativa de erva até atingir seu máximo. A escola japonesa preconisa pequenos cones de artemisia sobre a pele até provocar pequenas queimaduras, eu particularmente acho um contrasenso, pois desse modo há a destruição do ponto de acupuntura. A moxabustão pode ser direta, indireta e suspensa ( com os famosos bastões, charutos ou incensos). Na moxabustão direta aplica-se uma quantidade suficiente da erva sobre o ponto de acupuntura. Apesar de não existir nada entre a pele e o ponto, uma pequena quantidade de sal misturado com água (como uma pasta) pode ser aplicado com finalidade de promover uma proteção e também com a finalidade de fixar o cone de moxa no ponto. A moxabustão suspensa é a que eu menos utilizo. Em razão de haver uma aproximação da brasa direto no ponto, não a vejo como "fogo lento",  porém esse tipo de aplicação oferece bastante resultado, quando de paralisias, tais como hemiplegias e paralisias faciais. A técnica consiste em aproximar o cigarro de moxa do meridiano afetado e percorrer todo seu trajeto em um único sentido. Normalmente do começo para o fim do meridiano. Costumo fazer meu proprio cigarro de moxa. Utilizo para isso uma quantidade da erva previamente preparada (indicarei como preparar), e enrolo em uma folha de milho, destas usadas para enrolar fumo de rolo.
A moxa indireta exige um anteparo entre a moxa e a pele. Este serve não só como proteção, mas como também age diretamente sobre o ponto liberando seus principios ativos e seu Qi, conforme aquecido pela moxa. Podemos usar para esse fim as mais variadas formas de plantas, costumo utilizar as seguintes:

Gengibre - Tem a propriedade de direcionar o Qi para baixo,  regula a energia defensiva (Wei Qi) e nutridora (Iong Qi). Tem como locais de ação o pulmão, estomago e o baço. Deve-se cortar uma fina camada no sentido transversal da raiz. Sobre o VC8 é indicado para a constipação. Sobre o VC4, alivia cólica pré-menstrual







Alho - Tem a propriedade de direcionar o Qi para a superfície, elimina toxinas por calor dos intestinos. Tem como locais de ação o baço, estomago, pulmão e intestino grosso. Deve-se cortar uma fina camada no sentido longitudinal do dente de alho. Aplicado sobre o VC8 para as diarréias. Sobre o VC4 alivia a cólica menstrual.



Manjericão - Tem a propriedade de transmutar a nossa energia agressiva, tansformando-a em tenacidade. para os estados depressivos o manjericão promove o "aterramento", dando condições ao paciente de enfrentar de modo tenaz o seu acomentimento. Tem como locais de ação o pulmão, o estomago, o fígado e a vesícula biliar. Deve-se ter preferência pelas folhas frescas, que devem ser piladas até formar uma pasta. Essa pasta é aplicada ao ponto e sobre esta a moxa.  Principais pontos utilizados: VC8, E36, P7, R3.

Raiz de flor de lótus - Tem a propriedade de harmonizar todos os meridianos e age também nos vasos da cintura e dos ataques. Quando aplicado sobre o VC8 promove o reequilibrio do chackra do plexo solar, harmonizando e acalmando o Shenn (espírito). Tem como locais de ação o fígado, estômago, baço e pâncreas e o pulmão.Deve-se cortar a raiz no sentido transversal, uma fina camada. Por ser díficil de achar fora do estado de São Paulo, podemos usar o inhame.  Na região nordeste o inhame é conhecido como cara, de qualquer modo estou me referindo ao pequeno, conforme a foto.



inhame

PREPARAÇÃO DA MOXA

A moxa pode ser adquirida pronta, a chamada lã de moxa. Porém, podemos de maneira bem simples prepará-la e adicionar outras ervas com propriedades terapêuticas.  De um modo geral, retiramos os galhos e gravetos da Artemisia follium. e processamos no liquidificador. Triture bastante, por volta de 3 minutos. Observe que estará pronto assim que estiver parecendo um algodão. Essa moxa está pronta para uso. Costumo adicionar outras ervas para aumentar a efetividade da moxa, como por exemplo gengibre em pó (1 colher de sopa cheia), para aumentar o tempo de queima e favorecer penetração nos meridianos do pulmão, estomago e baço. Podemos usar também salvia para nutrir o yin e acalmar o coração. Devemos ressaltar que a moxa, além do efeito térmico no ponto exerce uma fumigação (um princípio fitoterápico)  em todo o corpo, assim moxa elétrica e moxa sem fumaça NÃO DA!

2 comentários:

  1. Excelente! Esclareceu e justificou muitas dúvidas que eu tinha.

    ResponderExcluir
  2. Bem elucidativo e objetivo o texto e a orientação. Esclarecedor.

    ResponderExcluir